segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Carnavais no chinelo

Que me perdoem todos os outros Carnavais, mas festa como a que fizemos Sapucaí nenhuma poderá superar.

Eu já previa que seria perfeita, que suplantaria as anteriores, que seria divertidíssima, que beberíamos muito, que comeríamos coisas deliciosas – mas não em tamanha quantidade, confesso. Enfim, já sabia que valeria cada quilômetro feito para cruzar várias cidades até chegar lá...

Foi perfeitamente bizarro.

Passada uma semana tenho pra dizer que fritas e cerveja é o que há, Carnaval com chuva é tudo de bom, travestis são sempre bem-vindos na nossa mesa, dar cervejas de brinde aos clientes é tática para fechar bares, fazer contas não serve para profissionais de comunicação – definitivamente, até o soluço tem solução, dançar quase sem música é tão divertido quanto estourar os tímpanos nessas festas que não rolam em garagem, Xis feito em casa é o melhor de todos, ensacar a cabeça é o maior barato, cada um vomita quando tem vontade...

Afinal, chega uma hora que até Bonanza vira cerveja...

Ano que vem quero um Carnaval melhor que esse!

Um comentário:

Rico disse...

é verdade...carnaval com xis...é realmente o melhor entre os melhores carnavais...hehehe...bjs